Mostrando postagens com marcador Peugeot 408. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Peugeot 408. Mostrar todas as postagens

9 de mar de 2012

Testamos o Peugeot 408 com novos motor e câmbio

Downzising no propulsor (1.6 Turbo) e "upsizing" na transmissão (seis marchas), como ele se sai?
Hairton Ponciano Voz // Fotos: Guilber Hidaka
Guilber Hidaka
O downsizing do motor fez bem ao sedã 408, que ganhou desempenho com economia
 
Visual nunca foi o problema: desde que chegou às lojas, há um ano, o Peugeot 408 exibe um estilo moderno e imponente, especialmente na frente e nas laterais. O acabamento também agradou. As superfícies são bem cuidadas, assim como a área envidraçada e a dirigibilidade. Mas nem tudo neste Peugeot era nota 10. Suspensão, freios e direção formam um belo time, mas o câmbio automático de quatro marchas dá trancos, e o motor 2.0 de 151 cavalos bebe muito. A má notícia é que esse conjunto que não agrada muito vai continuar nas versões Allure (básica), Feline (intermediária) e até na Griffe (topo de linha). A boa é que a Griffe também passa a oferecer um motor menor, porém melhor: o 2.0 foi trocado pelo 1.6 turbo THP (Turbo High Pressure).