25 de fev de 2014

McLaren apresenta o 650S, novo superesportivo com 650 cavalos

Modelo será lançado oficialmente no Salão de Genebra em versões coupé e spider, e deve atingir 200 km/h em apenas 8,4 segundos

McLaren 650S (Foto: divulgação)


O relacionamento entre escuderias de competição e fabricantes de carros esportivos sempre teve como referência a Ferrari e sua história dividida entre títulos de Fórmula 1 e modelos de rua como a F40, a Testarrosa e a atual 458 Italia.
Após conquistar 12 campeonatos de Pilotos e oito de Construtores, a McLaren decidiu seguir pelo mesmo caminho, e hoje já traz no currículo pelo menos três dos supercarros mais marcantes das últimas décadas: o F1 (1992), o MP4-12C (2011) e o P1 (2013).

Hoje de manhã a fábrica de Woking, na Inglaterra, revelou via internet as primeiras fotos oficiais do novo 650S. Ele chega para ficar um degrau acima do MP4-12C, que passa a ser digamos que o modelo de "entrada" da marca - assim como ocorre com a 458 Italia e a novíssima La Ferrari em Maranello. Visualmente, fica claro que o modelo utiliza como base o MP4-12C, que por sua vez já havia dado origem ao híbrido P1. A traseira é bastante semelhante à versão GT3 de competição do MP4-12C, enquanto que a frente remete ao próprio P1, um híbrido de fabricação limitada cujas 375 unidades já foram vendidas antes mesmo de serem finalizadas.
McLaren 650S (Foto: divulgação)


Por baixo do design limpo e aerodinâmico, há todo um estudo de canalização do ar que passa pelo defletor dianteiro, segue pelo assoalho e as laterais e termina na traseira, onde há um freio aerodinâmico que funciona sob demanda sempre que houver necessidade de mais downforce. No geral, mesmo oferecendo um coeficiente de penetração aerodinâmica idêntico ao do MP4-12C, a carroceria do novo 650S produz 25% mais downforce a 241 km/h, e permite que a dianteira seja apontada com mais rapidez em tomadas de curva.
McLaren 650S (Foto: divulgação)


O motor M838T instalado em posição central, entre o habitáculo e o eixo traseiro, é um V8 biturbo de 3,8 litros desenvolvido e fabricado pela própria McLaren. Como o próprio nome diz, ele produz 650 cavalos, cinquenta a mais que o MP4-12C. O torque ainda não foi divulgado, mas podemos presumir que haverá um aumento sobre os já absurdos 61,28 kgmf originais. A aceleração de 0 a 100 km/h deve ficar na casa dos três segundos, e os 200 km/h poderão ser atingidos em pouco mais de oito segundos.
McLaren 650S (Foto: divulgação)


Velocidade à parte, a performance dinâmica do novo 650S vai contar com todos os recursos desenvolvidos pela McLaren nos últimos anos. O ProActive Chassis Control, por exemplo, é capaz de ajustar diversos parâmetros da suspensão para passeios calmos, tocadas esportivas e agressividade de pista. O motor e a transmissão também podem ser ajustados de maneira independente.
McLaren 650S (Foto: divulgação)


Por dentro, o couro do tipo Alcantara domina as superfícies. O painel de instrumentos e o console central são minimalistas, apesar de integrarem todos os itens de conforto e comodidade necessários - instrumentos digitais, navegação GPS, rádio digital, controles de voz e câmera de ré. Assentos de competição de fibra de carbono são opcionais, assim como uma coluna de direção com ajuste elétrico. O novo 650S terá versões Coupé e Spider, e deve ser apresentado oficialmente ao público no próximo Salão de Genebra, que começa no dia 04 de março.

 


Participe!Votem no Blog do Largartixa no Top Blog 2013. Deixe aqui seu comentário. Muito Obrigado! Disponível no(a):http://gq.globo.com

Nenhum comentário: